4 thoughts on “Tapete de Flores!

  1. Unknown

    Em minha rua mora um anjoEm minha rua há uma espera do tamanho do horizonte.Cinzentas são as quimerasmas, em minha rua há uma fonte…… que às vezes lava mares de malabares quebrantose banha recém nascidos no primo canto, ungidos,do feitiço de outros aresdos males de outros cantos.Em minha rua mora um anjo dono da situação.Não se chama solidãoe faz-se em som de banjo puro espalhar sedução.Em minha rua o passadotem inveja do futuroo presente adiantadoou atrasado, nem senteo dia a dia do enduro.Sou vizinha de uma jura que briga com a razãoum alongado perduranum resquício de emoçãoPor isto em minha ruafoge na luz do postedança dos quartos da luaem quatro ventres à sortena casa da maldição..Elane Tomich Poesias

    Gostar

    Responder
  2. Joana

    Mudei-me recentemente para uma aldeia de Vila do Conde, mas ainda não conheço bem a cidade. No entanto trabalhei durante cinco anos em Caminha e esta rua parece-me muito a Rua Direita, em Caminha, onde, também ainda hoje, se fazem tapetes de flores. Tenho pena de não puder dar 100% de certeza, porque a foto não é recente e as coisas vão mudando…

    Gostar

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s